Entenda o tipo sexo do seu relacionamento

Dentro de um relacionamento existem variados graus de interesse pelo sexo, de ambas partes. É normal se ter níveis de normalidade e desequilíbrio do interesse pela relação, uma coisa que os casais precisam desenvolver é a empatia e compreensão em relação ao parceiro.

Existem padrões de expectativas que muitos casais almejam em relação ao sexo, o que acontece muitas vezes é que esse padrão não é alcançado e a frustração surge.

Existem variados motivos que possam fazer um casal sentir mais ou menos interesse na relação, bem como também na prática do sexo.

Não é incomum um certo desequilíbrio entre os pares, mas tentar entender esse mundo pode ser um grande desafio. Isso porque quando nos conectamos com nosso parceiro através do sexo, instantaneamente nos sentimos amados

Eu vou compartilhar com você agora, características mais comuns que acontecem nos relacionamentos. E como a falta de comunicação do casal pode prejudicar o andar do relacionamento, entender o que está acontecendo com o parceiro e o porque, podem fazer que o seu relacionamento se sustente de uma maneira saudável mesmo com desequilíbrio em relação ao sexo.

Tipo 1: O parceiro ou você tem pouco interesse no sexo

Pense na situação: você gosta de fazer algo que não tem interesse?

Imagino que a resposta seja não, ninguém gosta de fazer algo que não lhe agrade. E quando mesmo não gostando da ação, a fazemos, o sentimento de frustração nos invade.

E essa frustração querendo ou não é compartilhada com o seu parceiro. Fazendo com que ambos se sintam frustrados, evidenciando como a falta de comunicação como prejudicar o relacionamento.

Quando a comunicação não acontece e um dos pares que não está interessado em ter relações acaba gerando uma mentalidade negativa em relação ao sexo no relacionamento, e acabam definindo o sexo como:

  • Um compromisso, que precisa ser cumprido para evitar desapontamentos;
  • Expectativa de não precisar cumprir essa tarefa “obrigatória” novamente;

Tipo 2: O seu parceiro ou você tiveram o interesse por sexo aumentado

Sempre que o casal tem relações amorosas, a experiência emocional de ambos é alimentada. A conexão emocional se torna mais vívida.

Mas isso não necessariamente está ligada ao sentimento que os parceiros sentem, muito menos se tem uma chave onde se liga ou desliga o interesse pelo sexo.

Depois de ter relações sexuais com o parceiro, a experiência do indivíduo com forte apetite sexual pode aparecer da seguinte forma:

  • Eles sentem que uma necessidade vital foi satisfeita e, portanto, sentem-se emocionalmente mais próximos do parceiro;
  • Eles antecipam ansiosamente futuras experiências sexuais e esperam que isso aconteça o quanto antes;
  • À medida que o tempo passa e eles são confrontados com uma série de avanços sexuais não satisfeitos, eles se tornam cada vez mais tensos e irritáveis. Eles podem começar a se sentir indesejados e podem até sentir que algo está errado com eles por “querer tanto sexo”;
  • Após rejeições prolongadas, elas podem até tentar suprimir os desejos sexuais.

Quando você considera as características do seu parceiro e tenta entender o que está acontecendo com ele, será muito fácil compreender o porque do seu parceiro sentir tanta vontade ou não de ter relações.

O principal é saber o real significada para ambos, o que realmente significa fazer amor tanto para você como para o seu parceiro. A comunicação é a chave de todo esse processo, pois sem nem se comunicar com o seu parceiro, imagina como você irá identificar as necessidades da pessoa que vive ao seu lado.

Minha sugestão…

O foco do programa Casais Que Dão Certo é estruturar novamente uma relação de respeito e companheirismo, mesmo que o casamento não pareça mais ter solução.

Pode parecer ser um caminho difícil, mas com um trabalho em equipe, tudo se torna possível!

Tire um tempo em conjunto com o seu parceiro para que reflitam sobre os pontos negativos, mas também os positivos que estão sendo desenvolvidos no seu relacionamento.

Com amor,